sábado, 20 de junho de 2009

Morcegos

A vida nas trevas

"Os morcegos são mamíferos que possuem uma alimentação variada. Entre as quase 1000 espécies conhecidas, apenas três se alimentam de sangue. Os morcegos das demais espécies alimentam-se de: frutas (manga, banana, mamão, goiaba, por exemplo); néctar e de pólen de flores, como as do ipê e do maracujá-de-restinga; folhas diversas; insetos, muitos dos quais daninhos às lavouras (gafanhotos e certas mariposas, por exemplo); animais (como ratos, pássaros, lagartos, pequenos peixes e rãs).
Ao se alimentarem de flores, os morcegos podem transportar pólen de uma flor para outra e assim contribuir para a reprodução de certas espécies de plantas. Ao alimentar-se de frutos, podem dispensar sementes, contribuindo também para a reprodução dessas espécies vegetais. Alimentando-se de animais, como gafanhotos e ratos, os morcegos têm importante papel no controle de algumas pragas agrícolas.
Os morcegos também podem auxiliar na manutenção da vida em cavernas escuras. Nesses ambientes, em virtude da ausência de luz solar, não se desenvolvem seres fotossintetizantes. Os morcegos saem das cavernas em busca de seu alimento. Quando retornam, eliminam fezes ricas em nutrientes, que se acumulam no piso das cavernas. As fezes dos morcegos podem então alimentar animais, como certas espécies de grilos, moscas e besouros que habitam as cavernas. Esses animais, por sua vez, podem servir de alimento para outras espécies desse mesmo ambiente, como certas aranhas e centopéias.
Se os morcegos abandonarem as cavernas à procura de outro local em que possam se instalar, grilos, besouros, aranhas e centopéias, entre outros animais, ficam à míngua de alimentos, e a vida corre o risco de desaparecer pouco a pouco nesse ambiente.
Assim, trazendo matéria e energia do mundo banhado de luz para o interior das cavernas escuras, os morcegos atuam como o elo entre o mundo iluminado e o mundo das trevas.
Como você vê, nem sempre as cadeias alimentares na natureza são iniciadas por organismos produtores."


Fonte:
Ciências - O Meio Ambiente - 5ª série, página 30.
Carlos Barros e Wilson Paulino
Editora Ática, São Paulo, 2006.

Leia mais sobre morcegos no site: http://www.morcegolivre.vet.br/tt_morcegos.html

2 comentários:

  1. Esse texto foi bom pra meu trabalho,vlws::!!!

    ResponderExcluir
  2. esse texto foi muito bom para o meu dever de casa

    ResponderExcluir

Os comentários serão moderados antes de serem publicados.Serão bem vindos os comentários sobre as postagens, parcerias e sobre o blog. Porém comentários com insultos e/ ou palavrões serão excluídos.
Agradecemos a atenção, visitas e comentários. Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Volte sempre!

Pesquisa no Google

Pesquisa personalizada